sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Depois de dias

Semanas inteiras

A menina, então, resolve abrir a janela

Lá, pensava ela, estaria tudo o que evitava por tanto tempo

Toda uma vida...

Histórias e estórias que seria um tormento ver passar a sua frente como um filme

Mas cansada de viver para esquecer

Resolveu encarar

Então uma forte luz acariciou seu rosto e quase no mesmo instante

Uma leve brisa a convidou para abrir os olhos

Para a surpresa da menina, lá não estava o filme do seu passado

Lá não estava à platéia que a assistiu cair tantas e tantas vezes

Lá estava apenas o nascer, o parir da vida

Lá estava um horizonte recheado de possibilidades

Foi então que a menina percebeu

Que não adianta esconder-se do mundo

Ele sempre terá algo novo a oferecer

Infinitos caminhos que podem ser trilhados

E o passado, a fita que o carrega, está dentro do baú da memória

Por mais que se tente a fuga é inevitável apagá-lo!

Mas talvez haja maneiras de transformá-lo.


[Indy...]

5 comentários:

Taian disse...

Sempre há uma maneira. =)

Rafiki disse...

Mas o importante são as possibilidades, então na janela da menina há o futuro.

Mente Mascarada disse...

Todo nascer do sol indica algo a ser oferecido

Daisynha ਏਓ disse...

Parece que às vezes a vida quer dizer que é melhor deixar o passado onde ele está...
Que a vida continue surpreendendo você, minha pequena notável...
e torça pra vida me surpreender...

um beijo e saudade!

Denise Portes disse...

Lindo seu blog, gostaria que você fosse conhecer o meu www.odeliriodabruxa.blogspot.com
Um beijo
Denise